Pagamentos Digitais para E-commerce

Pagamentos Digitais para E-commerce

As carteiras digitais estão tomando o mercado de e-commerce. E esse processo de mudança na forma como realizamos os pagamentos do dia a dia foi acelerado por conta da pandemia de coronavírus. Para se ter ideia, de acordo com um estudo da consultoria Bian, as carteiras digitais devem representar até 28% do total de pagamentos até 2022.

Outra pesquisa da SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) também mostra que 61% dos brasileiros com smartphones das classes A, B e C já realizam compras por meio das carteiras digitais. Destes, 47% disseram que o principal fator para pagamentos digitais é a praticidade.

Crescimento do e-commerce deve se consolidar no pós-pandemia

A pandemia ajudou a turbinar as compras em lojas virtuais. Segundo pesquisa da consultoria Ebit/Nielsen, apenas no primeiro semestre de 2020 o e-commerce nacional cresceu 47%. No período, cerca de 90,8 milhões de pedidos foram realizados.

E de acordo com a projeção da Kearney, o crescimento não deve parar no pós-pandemia, a estimativa é que o e-commerce brasileiro cresça, em média, 17% ao ano até 2024, chegando a alcançar R$ 69 bilhões a mais do que o esperado antes da pandemia nos próximos anos.

Economistas apontam para a tendência de mudança estrutural no varejo, que devem se habituar ao mundo digital para venderem mais por e-commerce do que em seus PDVs. A expectativa é que o futuro do varejo esteja no online.

Pagamentos digitais por QR Code no Brasil

Os dados da EBANX do início de 2020 mostram que o crescimento do e-commerce se deve ao crescimento de 16% nas compras via smartphones. Grandes marketplaces do mercado como Americanas, OLX, Magalu e Casas Bahia já realizam mais de 60% das vendas via mobile.

Para cerca de 16%, as carteiras digitais são os meios utilizados para as compras em sites internacionais. Com o crescimento das compras via celular, as carteiras digitais saem em vantagem pela praticidade.

Prova disso são as projeções da consultoria Bian, que estima que as compras com carteiras digitais no e-commerce devem alcançar 47% do total das vendas no e-commerce até 2022. Além da praticidade, as carteiras digitais são bastante atrativas para os consumidores porque oferecem sistemas de cashbacks, descontos em parceiros, entre outros benefícios.

Por que apostar nos pagamentos digitais para o e-commerce?

O pagamento via carteiras digitais pode ajudar a turbinar as vendas do seu e-commerce. Abaixo mostraremos quais são os principais motivos para apostar nesse meio de pagamento em 2021:

Forte proteção contra fraudes

As carteiras digitais identificam a identidade do comprador antes da realização da venda, isso ajuda a diminuir potencialmente as tentativas de fraudes neste meio de pagamento. Outro fator de proteção oferecido pelas carteiras é o uso de tokens para aprovação de pagamentos, o que garante a proteção das informações do consumidor e do varejista.

Oferece mais um meio de pagamento ao seu e-commerce

Aderir as carteiras digitais é uma forma de diminuir as perdas de vendas. Além de meios de pagamentos tradicionais no mercado nacional como boleto bancário e cartão de crédito ou débito, um e-commerce precisa adotar as carteiras digitais para rechear suas opções de pagamento.

Portanto, Essa é uma forma de estimular os clientes a compras, já que esse meio de pagamento está em pleno crescimento no mercado nacional.

As carteiras digitais também podem ser uma opção para clientes que compram com cartão de crédito, mas estão sem limite, por exemplo.

Pagamento e recebimento rápido

Os consumidores querem fazer compras rapidamente, com poucos cliques e bem rápido. E as carteiras digitais oferecem essa praticidade. O pagamento é feito na hora em poucos minutos, a aprovação é imediata e o produto já é liberado para download (no caso de produtos digitais) ou para entrega.

Para os varejistas, o recebimento também é bem mais rápido e diferente dos prazos adotados em boletos e cartões de crédito ou débito, é possível receber o dinheiro na hora ou dentro de alguns dias.

Isso facilita o andamento de um negócio, já que não será preciso esperar 14 ou 30 dias para receber os valores.  

Menos taxas e mais rendimentos

Para consumidores e varejistas, as carteiras digitais possuem taxas insignificantes. Em muitos casos, inclusive, não há cobrança de taxa em pagamento ou para recebimento dos valores. Isso é essencial para sair das altas taxas dos cartões de crédito e débito.

Como funcionam como uma conta corrente, as carteiras digitais geralmente oferecem opções de rendimento das aplicações superiores a poupança, rendendo na maioria das vezes, pelo menos, 100% do CDI. Isso significa que o dinheiro rende mais para o consumidor e para o e-commerce.

E-commerce deve seguir em alta em 2021

Segundo as projeções da consultoria Ebit/Nielsen, as vendas do e-commerce brasileiro devem crescer 26% em 2021, alcançando um faturamento de R$ 110 bilhões no ano. Para a consultoria, a consolidação e surgimento de novas lojas virtuais e marketplaces deve se acentuar neste ano.

Resultados da Black Friday e as melhorias que você pode fazer para que a sua loja cresça no próximo ano

Resultados da Black Friday e as melhorias que você pode fazer para que a sua loja cresça no próximo ano

Como já era esperado, a Black Friday deste ano registrou resultados muito expressivos no comércio eletrônico, como consequência da pandemia de Covid-19 e as preocupações em manter o distanciamento social. O Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA) apontou uma queda de 25,5% no varejo físico, enquanto as vendas no comércio eletrônico tiveram um aumento de 21,2%. O índice faz o monitoramento de 1,5 milhão de varejistas no país.

Além disso, levantamento da Neotrust/Compre e Confie, empresa de inteligência de mercado focada no e-commerce, mostrou faturamento de R$ 5,1 bilhões nos dias 27 e 28, uma alta de 31% em comparação à Black Friday de 2019. Já a Nuvemshop, que reúne pequenas e médias empresas com comércio online, divulgou um faturamento de R$ 20,4 milhões, expressivos 105% acima do resultado obtido na Black Friday do ano passado.

O que esses números representam para o varejista?

Uma leitura mais rasa do contexto apontaria somente para a necessidade dos lojistas ampliarem seus espaços físicos para o virtual, mas o fato é que as tendências apontam muito mais para a prevalência de negócios que tenham uma integração bem estruturada entre seus ambientes físicos e digitais. Ambientes em que o consumidor tenha facilidade para transitar entre o online e o offline. Sinergia entre as ações de divulgação tanto nas lojas físicas quanto no site e redes sociais, facilidade e praticidade para efetuar pagamentos, sistemas responsivos, atendimento de qualidade tanto presencial quanto virtual.

De um modo geral, o consumidor se viu forçado a mudar drasticamente seus hábitos de consumo em 2020, assim como tende a priorizar sempre métodos que se mostrem mais rápidos, fluidos e seguros no dia a dia. De fato, o comércio online, que já vinha em uma curva de crescimento, vem obtendo resultados robustos neste ano em função da pandemia.

No entanto, o varejista deve focar seus esforços não só no presente, mas também se preparar para o amanhã. Uma vez que tenhamos acesso a vacinas, o movimento no comércio tende a crescer. E então é preciso que o varejista esteja bem preparado para atender esse novo consumidor: mais consciente, exigente com padrões de higiene e segurança e também menos tolerante com meios de pagamento lentos ou pouco responsivos.

Parceria da Shipay com o varejo

A atuação da Shipay no mercado vem sendo de muita parceria com o varejo, entendendo a realidade dos lojistas e apontando soluções que estão em sintonia com este momento que vivemos. Nossa integração junto ao PDV permite que os varejistas recebam pagamentos das principais carteiras digitais do mercado e também via PIX em um só hub, o que garante mais fluidez e segurança para o dia a dia da operação de caixa. Para entender um pouco mais sobre nossa solução, clique aqui e confira o depoimento de uma marca que se tornou nossa parceira.

#varejo #vendasonline #ecommerce #blackfriday #pagamentosdigitais #shipay #pix #meiosdepagamentos #carteirasdigitais #meiodepagamentosdigitais #BACEN #fintechs #meiosdepagamento #bancocentral #fintech #bancocentral #finanças #openinnovation #carteiradepagamentos #inovaçãofinanceira #SegurançaPagamentos

Close Bitnami banner
Bitnami