Os meios de pagamentos digitais estão no caminho para ganhar a preferência dos consumidores brasileiros. As carteiras digitais e o Pix são exemplos de formas de pagamento que vêm aumentando sua participação no mercado nos últimos anos. Assim obtendo resultados mais positivos do que o esperado. 

Uma pesquisa da FIS mostra que as carteiras digitais foram responsáveis por 17% das operações realizadas no Brasil em 2021. Além disso outro estudo da Toluna, empresa especialista em pesquisa de mercado. Aponta que 89% dos brasileiros já haviam usado carteiras digitais até o fim de 2021, um aumento de 51% no uso entre 2019 e 2021.

Segundo pesquisa da plataforma Capterra, 68% dos brasileiros têm confiança alta no Pix. Principalmente considerando o meio mais seguro, do que o DOC e o TED por exemplo. 

Além disso, o pagamento com criptomoedas também parece que se tornará uma realidade nos próximos anos. Uma pesquisa da Crypto Literacy, afirma que quase 1.000 estabelecimentos já aceitam pagamentos com criptomoedas no Brasil em 2021. Contudo esse número deve aumentar com a regulamentação do mercado cripto pelo congresso brasileiro. 

Parceria entre Shipay e ACS garante mais segurança e praticidade para varejistas

Com a chegada forte dos pagamentos digitais, que já são uma alternativa confiável para os brasileiros, a Shipay e a ACS se juntaram em uma parceria para atender segmentos de varejo importantes para a economia brasileira. 

A Shipay é uma fintech que acaba de completar dois anos no mercado, mas que já possui possível integração com mais de 500 mil clientes por todo o país, ajudando a simplificar a adesão aos meios de pagamentos digitais. 

Já a ACS tem 27 anos de mercado e muita experiência em soluções de gestão para negócios com grande participação nas regiões Nordeste e Norte. As empresas se uniram para integrar seus serviços e oferecer soluções personalizadas para segmentos do varejo. 

Conversamos com Felipe Craveiro, Executivo Comercial da ACS. Que nos contou mais sobre a parceria entre as empresas e as expectativas com o forte crescimento dos meios de pagamentos digitais no país, confira a entrevista abaixo:

Como tem sido a parceria com a Shipay? Quais são os benefícios e resultados da integração entre as empresas? 

A parceria com a Shipay tem sido um sucesso! Os benefícios para os clientes são o aumento de vendas ao oferecer opções de pagamentos digitais ao público. E principalmente, a otimização da capacidade de gestão com a integração do nosso sistema com a Shipay. 

Como os clientes da ACS têm se adaptado aos novos meios de pagamentos digitais? 

Os nossos clientes têm se adaptado muito bem a essa tecnologia. Mesmo porque no cenário econômico que nos encontramos, a solução proporciona comodidade e rapidez no pagamento para o consumidor. Isso ajuda a gerar um aumento nas vendas e na fidelização para os clientes da ACS nos setores do varejo que nós atendemos.  

Quais são os principais benefícios de ter um sistema automatizado e uma integração eficiente para pagamentos digitais?

O principal benefício é a segurança do QR Code gerado no valor da venda, eliminando erros de digitação no processo manual, isso é essencial para a gestão financeira e operacional de um negócio.  

Qual é a expectativa da ACS com a possibilidade que a Shipay possa integrar pagamentos por criptomoedas no PDV? 

A ACS enxerga essa possibilidade como uma tendência de mercado. Com o crescimento da utilização de pagamentos via criptomoedas no varejo, nós temos todo o interesse de integrar essa funcionalidade ao nosso sistema. Acreditamos que a aceitação de pagamentos com criptomoedas seja uma forte arma de vendas para oferecer aos nossos clientes. 

Qual é a expectativa da ACS para os meios de pagamentos digitais no país para os próximos anos? 

A nossa expectativa para os próximos anos é que haja um aumento bem considerável dos meios de pagamentos digitais por conta da praticidade e da segurança. Atualmente, já vemos esse cenário de transição para o Pix e as carteiras digitais. 

Hoje, já conseguimos perceber que é algo “estranho” a realização do pagamento em dinheiro em alguns estabelecimentos comerciais, após o crescimento das vendas com carteiras digitais, e principalmente, com o Pix. 

Dados da consultoria Juniper Research, em parceria com a fintech Boku, estimam que as carteiras digitais atinjam metade da população mundial até 2025. Em 2021, já havia mais de 2,4 bilhões de usuários destes serviços em todo o mundo. 

Com o crescimento exponencial do Pix no seu primeiro ano de operação, o Banco Central deve encontrar mais facilidade para implementar novas funcionalidades no sistema para garantir mais segurança e facilidade para os consumidores. 

O sucesso do Pix fez com que o Brasil passasse a ocupar o 4° lugar no ranking das transações em tempo real, segundo estudo da ACI Worldwide. A expectativa é que haja um avanço de 56,8% nas operações de pagamentos instantâneos no Brasil, o que deve levar o país a liderança do ranking até 2026. 

Todos os dados mostram que os meios de pagamentos digitais vão se tornar os principais meios de pagamento em poucos anos. Ou seja, parcerias entre empresas especialistas no mercado de pagamentos como Shipay e ACS são fundamentais para a adesão mais rápida do varejo brasileiro aos meios de pagamentos digitais.  

Close Bitnami banner
Bitnami
Close Bitnami banner
Bitnami